imprensa

Fundação das Artes: 51 anos como centro de excelência na formação de artistas e disseminando cultura

Sempre inovando, instituição terá novo curso técnico em andamento no segundo semestre – o Curso Técnico em Dança: Intérprete-Criador. Inscrições devem ser feitas de 27 de maio a 29 de junho junto à secretaria da FASCS
imprensa

Em contínua atividade desde 1968, a Fundação das Artes de São Caetano do Sul é das mais antigas e respeitadas escolas dedicadas ao ensino de arte no Estado de São Paulo. É uma instituição de ensino e pesquisa regida por um Conselho de Curadores, com administração própria, por meio da Direção Geral. Oferece cursos livres e técnicos nas áreas de Artes Visuais, Dança, Música e Teatro.

A partir do segundo semestre de 2019, a casa estreia um novo curso técnico: o Curso Técnico em Dança: Intérprete-Criador, que foi lançado no dia 24 de abril. O curso promove a formação integrada do intérprete, artista e realizador. Inscrições deverão ser feitas presencialmente na secretaria da FASCS, de 27 de maio a 29 de junho.

VERTENTES

Contabilizando atualmente 1.700 alunos em seu quadro estudantil, a FASCS atua em duas vertentes: a iniciação e a formação artística. A primeira procura o aprimoramento de crianças de 5 a 10 anos, por meio do autodomínio e do desenvolvimento da percepção, do controle motor, da criatividade e da convivência grupal. Já a segunda prepara futuros artistas nos seus vários campos de atividade.

Além das aulas regulares, mantém grupos e organismos de práticas artísticas, que movimentam a cena artística de toda a região com festivais, workshops, shows, concertos, temporadas teatrais, dança, exposição, aulas especiais, debates e outras atividades, contribuindo para a disseminação da cultura.


TRAJETÓRIA

Pensado inicialmente como centro de formação de artistas, o projeto que viria a dar origem à Fundação das Artes tornou-se realidade a 25 de abril de 1968, com a abertura de cursos de música, teatro e artes visuais. No ano seguinte foi a vez do curso de dança. A representatividade, conquistada logo de início junto aos admiradores da arte na região do Grande ABC, colocou a FASCS em posição de referência na formação de jovens artistas.

Em 1985, ocorre o lançamento dos cursos profissionalizantes, implantados nas escolas de música (habilitação em Instrumento e em Canto) e na de teatro (habilitação profissional de Ator, depois, Técnico em Arte Dramática).

A partir de 2017, a adesão ao MedioTec, via PronaTec, do Governo Federal, insere a Fundação das Artes em um patamar exclusivo, como primeira e única instituição do Grande ABC a formar turmas de Ensino Técnico de Nível Médio na área cultural, fomentando a geração de emprego e renda aos trabalhadores do ramo. Via MedioTec, a FASCS oferece três habilitações: Canto, Dança e Teatro.

51 ANOS

Ao longo de 51 anos de história, já passaram pela instituição nomes como Cássia Kiss, Marcos Frota, Fábio Assunção, Antônio Petrin, Ulisses Cruz, Amílton Godoy, Nelson Ayres, Daniel Melim, Eugênio Kusnet, Roberto Sion e outros tantos alunos que se tornaram mestres e profissionais consagrados em suas respectivas áreas de atuação.

Eliane Parmezani – MTb 48.006/SP
07/05/2019

 

voltar