imprensa

Fundação das Artes de São Caetano do Sul eleva em mais de 40% concessões de bolsas com critérios sociais

Alunos efetivamente matriculados, sem pendências financeiras e de assiduidade podem requerer o benefício
imprensa



Com a sistematização do programa de concessões de bolsas de estudos pela atual gestão da Fundação das Artes, em 2019 a quantidade de alunos contemplados com a Bolsa Munícipe, destinada a moradores da cidade e calcada em critérios sociais, é 41,5% maior se comparada ao primeiro semestre de 2018 e 48% superior em relação ao segundo semestre de 2017.

A distância entre o número de solicitações das bolsas sociais e o de concessões também vem se estreitando: em 2019, 86% das solicitações foram deferidas; no primeiro semestre de 2018 o índice foi de 73% e, em 2017, de 47%.

O maior índice de aproveitamento se mantém nas concessões da “Bolsa Monitoria”, que é destinada aos alunos interessados em integrar núcleos de pesquisa, atividades acadêmicas, organismos artísticos, apoio técnico e grupos da instituição, com 87% das requisições deferidas em 2019.

Os pedidos são avaliados por uma comissão formada por membros de diferentes órgãos da municipalidade, assegurando a solidez dos critérios e demonstrando a importância da Fundação aos olhos do poder público. A adoção da medida fomenta o acesso mais justo e qualificado ao alunado.

Da Redação
03/04/2019

 

 

 

voltar